Como escolher os fornecedores certos para o casamento | Parte 2

Você sabia que a produção de um casamento pode ter até 50 profissionais envolvidos? Parece exagero, né? Porém, quanto maior e mais cheio de detalhes for o projeto do evento, mais fornecedores trabalharão para tornar o sonho real.

Mas não se engane pensando que se seu casório for pequeno não precisará se preocupar com contratações. Por mais que vocês queiram colocar a mão na massa, ainda assim precisarão ir em busca de alguns profissionais.

Chegou a hora de fechar contratos e não sabe por onde começar? No último post falamos sobre a escolha e os mitos que a rodeiam.  Hoje, vamos falar sobre a ordem de contratação.

Normalmente, os fornecedores são contratados de acordo com a importância que o casal dá àquele produto ou serviço. Se o seu sonho for um fotógrafo incrível, por exemplo, provavelmente essa escolha virá antes de todas as outras. Mesmo considerando essas influências, é preciso levar em conta alguns fatores que aumentam – ou não – o grau de prioridade na hora de definir o time de profissionais. Sendo assim, opte por contratar primeiro aqueles que são essenciais (ou seja, fazem poucos casamentos por fim de semana e determinam os gastos com os demais profissionais).

Assessoria

Ela irá te acompanhar durante todo o processo, te indicará fornecedores de acordo com o seu orçamento, te ajudará a escolher e gerenciará o seu grande dia.

Local

Ele vai influenciar o restante das suas escolhas e os gastos que terá com detalhes como decoração, mobiliário, flores, entre outros.

Celebrante

Se a sua cerimônia for fora da igreja, você certamente precisará de um celebrante e a agenda dele não deve ser muito livre. Então, contrate com antecedência.

Foto e Vídeo

Os profissionais desse ramo costumam ser bastante disputados e fecham agenda pelo menos um ano antes da data do casamento. Não dê bobeira!

Bufê

 Os bufês costumam não atender muitos eventos por fim de semana, então dê uma atenção melhor a essa escolha. Sem contar que convidados bem alimentados são mais felizes, não é verdade? rs

Fechou esses cinco contratos? Agora é hora de definir decoração; cabelo e make; trajes; flores e buquê; músico e/ou DJ; convites; lembrancinhas; bolo; e aluguel de tudo que for necessário, como carro, mesas, cadeiras, entre outros.

Mas, não se esqueça, se os fornecedores que pretendem contratar forem renomados, a disputa por uma data livre será bem mais acirrada. Por isso, o ideal é fechar todos os contratos com uma certa antecedência para não terem surpresas ou acabarem ficando sem aquele profissional que tanto desejavam.


 

Espero que tenham gostado das nossas dicas! Até a próxima! ♥

Ah, não esqueça de conferir nosso primeiro post com dicas super úteis para quem não quer ter dor de cabeça na saga de escolher os fornecedores certos para o grande dia 😉

 

Como escolher os fornecedores certos para o casamento | Parte 1

Veja também...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *