Elopement Wedding | Conheça o estilo de casamento escolhido por Sthefany Brito

Casamento Sthefany Brito e Igor Rachkovscky, Itália (Foto: Sam Sacramento)

Se você é ligada nas redes sociais, certamente ficou sabendo do casamento intimista da atriz Sthepany Brito com o empresário Igor Raschkovscky, no sábado, 4 de agosto. Os pombinhos escolheram a Toscana, na Itália, para dizer o sonhado “sim” e o casório contou com nada menos nada mais do que ZERO convidados. Exatamente, o casal optou por um grande dia bem intimista mesmo, o chamado Elopement Wedding.  conhece esse estilo de casamento? Não? Então vem que nós vamos explicar todos os detalhes para você.

 

O que é? 

Aqui no Brasil, a moda vem chegando de fininho e fazendo o coração dos noivos aos poucos. Mas engana-se quem pensa que o estilo é novidade. Na verdade, o elopement wedding – chamado no Brasil de casamento a dois – teria surgido no século XVIII. O termo foi criado porque elope significa fugir e essa era a forma que casais desaprovados pela família encontravam para conseguir se casar: fugindo de todos. Atualmente, a ideia recebeu um novo significado. Muitos casais que não sonham em se casar na igreja optam pelo estilo para evitar os estresses do planejamento de um casamento tradicional. Essa também é uma boa opção para quem quer focar toda a sua atenção na pessoa amada.

Casamento Sthefany Brito e Igor Rachkovscky, Itália (Foto: Sam Sacramento)

 

Como funciona?

Como o próprio nome diz, no casamento a dois não existe a presença de convidados. No máximo, os amigos e/ou familiares que servirão como testemunha desse momento. Por isso, essa pode ser uma excelente alternativa para quem quer fugir do drama que é montar a lista de convidados. E, por consequência, economizar.

 

Aonde fazer?

Que tal se casar no destino da lua de mel? Assim como no caso do destination wedding, o elopement também proporciona aos noivos a possibilidade de fazer tudo no mesmo lugar. Nesta segunda opção, porém, o planejamento será bem mais simples.

Com foco na leveza e no romantismo, o legal ao decidir pelo casamento a dois é fazer a cerimônia ao ar livre. Quanto mais incrível for o cenário, melhor. Querem casar no alto da montanha? Por que não? Sonham em dizer “sim” com os pés na areia? Partiu praia então! São apaixonados por vinhos? A Itália e o Sul do Brasil, por exemplo, têm vários cenários interessantes.

Casamento Sthefany Brito e Igor Rachkovscky, Itália (Foto: Sam Sacramento)

Apenas lembre-se de escolher um local pouco movimentado ou uma época do ano de baixa temporada, se o destino for badalado, para que o dia não perca sua proposta intimista. E já que o casório será ao ar livre, não se esqueça de verificar as condições climáticas do local na época escolhida.

 

Vou precisar de fornecedores? 

Sim! Como em qualquer outro estilo de casamento, neste os fornecedores também estarão presentes. Claro que a necessidade será bem menor e vai variar de acordo com a proposta que querem. Tem gente que opta apenas por ter quem celebre a cerimônia e um fotógrafo. Tem quem não dispense um decorador e um confeiteiro para ter o tradicional bolo de casamento. Mas a equipe básica para esse tipo de casório costuma ser composta por: celebrante, fotógrafo, cerimonialista, maquiador e cabeleireiro. Ter um músico e um cinegrafista também é bem legal!

Casamento Sthefany Brito e Igor Rachkovscky, Itália (Foto: Sam Sacramento)

Defina o que é prioridade para vocês e, a partir daí, escolham os fornecedores que precisarão para fazer o sonho acontecer.

P.s.: Se for casar no exterior ou em outra cidade, é bom contratar uma empresa especializada nesse tipo de serviço e que conheça o local!

 

Economia?

Além de não ter que lidar com os estresses do planejamento de um casamento com dezenas de convidados, o elopement wedding também pode ser sinônimo de economia. Pode? Mas por que não É? Simples, a redução de gastos estará diretamente ligada com as escolhas que fizer para esse casamento. Um hotel de luxo no exterior ou um dos fornecedores mais famosos do país certamente não serão escolhas econômicas. Então, se quer economizar, analise bem quais serão suas decisões!

Ainda assim, o casamento dois tem tudo para ser um alívio no bolso de quem está a caminho de uma vida nova.

Casamento Sthefany Brito e Igor Rachkovscky, Itália (Foto: Sam Sacramento)

P.s.: Para esse grupo “economia total” uma dica é: você não precisa sair da sua cidade para ter um casamento a dois inesquecível. Aqui em Nova Friburgo, por exemplo, existem vários cenários lindos com montanhas ao fundo para os apaixonados dizerem ‘sim’. Duvido que na sua cidade não tem nem umzinho! hahaha

 

Como lidar com as ausências? 

Pois é, esse pode ser um grande dilema para quem opta pelo casamento a dois. Talvez, a melhor alternativa seja manter a ideia em “segredo” e, depois do casório, convidar os familiares e amigos mais chegados para um open house. Que tal?

 

Com quem o estilo combina?

Como já falamos, o elopement wedding pode ser uma boa opção para quem quer um grande dia diferentão ou está com a grana curta para investir numa festa de arromba. A ideia também pode ser perfeita para os casais já casados renovarem seus votos ou para os já “juntados com fé” oficializarem a união (caso de Sthefany Brito).

Casamento Sthefany Brito e Igor Rachkovscky, Itália (Foto: Sam Sacramento)

P.s.: Se vocês querem um casamento intimista, mas não conseguem se ver passando por esse momento sem a presença dos pais, irmãos e melhores amigos… O elopement wedding não é para vocês! Não podemos te iludir e fazer você correr o risco de se arrepender depois, né? Mas não se desespere! Existe um estilo de casório para quem quer os mais chegados por perto e é o mini wedding.

Já fizemos um post sobre essa tendência de casamento por aqui. Vai lá dar uma espiadinha! (clique aqui para conferir a matéria).

Querem se casar fora da sua cidade, mas com os familiares e amigos por perto? Então você precisa saber mais sobre o destination wedding! (clique aqui para conferir a matéria sobre esse estilo).

 


 

Mais famosos que aderiram a “tendência” do casamento a dois:

 

Antes de realizar duas cerimônias no Brasil, Marina Ruy Barbosa e Xande Negrão se casaram à beira mar numa benção budista na Tailândia em julho de 2016. A cantora Anitta também disse “sim” a Thiago Magalhães numa cerimônia secreta, celebrada por um pajé, na Amazônia, em outubro de 2017.

O cantor Di Ferrero e a modelo Isabeli Fontana se uniram numa celebração em Kunfunadhoo, nas Ilhas Maldivas, em agosto de 2016. O vídeo do casório virou até clipe da música “Fração de Segundo” – do NX Zero .

 

Já sobre renovação de votos…

A musa fitness Bella Falconi e o empresário Maguila, renovaram os votos na Riviera Maya, México, em novembro de 2017. Flávia Alessandra e Otaviano Costa, que já tinham renovado os votos em Las Vegas, se casaram de novo em janeiro deste ano, desta vez, na Tailândia.

 

Veja também...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *