Meghan e Harry | Os 6 melhores momentos do inesquecível casamento real

No sábado, 19 de maio, o mundo voltou sua atenção para a Inglaterra. Mais precisamente para Capela de St. George, no Castelo de Windsor. O motivo? O casamento real entre o príncipe Harry e a atriz americana Meghan Markle.  A expectativa para alguns detalhes dessa cerimônia, claro, eram bem grandes. Afinal, além do peso de ser mais um casório da realeza, o grande dia de Meghan e Harry representava a ruptura de diversos paradigmas. Ele, branco, herdeiro do trono britânico e marcado por uma juventude polêmica. Ela, negra, de origem humilde, mais velha, divorciada e feminista. Quantas especulações rolaram entorno dessa união…

O que a maioria certamente não esperava era que esse casamento fosse surpreender tanto. Mesmo com todos os protocolos da monarquia, Meghan e Harry conseguiram fazer uma cerimônia cheia de personalidade, significado e leveza. Mesmo que pela tela da TV, conseguimos sentir a emoção e a conexão do casal. Quantos momentos incríveis! Quanto amor! Esse fim de semana com certeza ficará para a história.

Enfim, para não perder nenhum detalhe, ficamos grudadinhos na televisão acompanhando toda a cobertura jornalística. Resultado? Resolvemos separar e compartilhar com vocês os momentos que consideramos mais incríveis desse casamento. Vem se apaixonar com a gente!

 

1. A chegada da noiva

“Qual vestido Meghan vai usar?” Certamente essa foi uma das – senão a – principal pergunta de todos desde que o casal anunciou o noivado. Com uma certa tendência real em usar vestidos trabalhados em renda e detalhes – como nos casos de Diana e Kate Middleton – o que todos queriam saber era se Meghan seguiria a “tradição” ou iria “inovar”. Claro, a nova Duquesa de Sussex inovou. A atriz usou um modelo minimalista completamente liso desenhado pela estilista Clare Waight Keller, diretora de arte da marca francesa Givenchy.

De cady de seda com pouco volume na saia, o modelo possuía um decote canoa e mangas longas, deixando apenas parte do braço da noiva de fora. Segundo a imprensa, o modelito foi orçado em cerca de 500 mil reais.

Já o véu – de cinco metros – de Meghan era de tule de seda e representava a flora e a união dos 53 países da organização intergovernamental Commonwealth. Por isso, possuía flores bordadas por todo o tecido, cada uma delas representando um país.

Para fechar a produção, uma maquiagem super leve, um brinco delicado e um coque adornado com uma tiara de diamantes.

Ah, segundo o blog Colher de Chá Noivas, o vestido de Meghan foi inspirado no modelo utilizado pela primeira noiva negra da monarquia ocidental, Angela de Liechtenstein, em 2000. Interessante e significativo, né?!

Há quem tenha achado o look simplório demais, mas, como registramos em um dos nossos stories no Instagram, ficamos que é só esse pajem durante a entrada da Meghan!

Pura elegância! A-M-A-M-O-S demais a escolha!

2. O noivo

Se nós falamos dessa noiva deusa, temos sim que falar do noivo. Se há alguns anos Harry era conhecido como o garoto problema da família real britânica, hoje ele é o queridinho do público. Há quem diga até que o moço é o mais popular dentre os membros da monarquia. Também, pudera né meu povo… Dá ou não dá vontade de amassar esse menino? hahaha

Mas foquemos no grande dia! Além do look , diferente do irmão William que quando casou vestiu um traje vermelho, o Duque de Sussex também nos marcou por suas atitudes.

E não falamos apenas dos olhares super apaixonados direcionados a Meghan e da linda declaração quando ficou lado a lado com a noiva no altar. Harry também foi super prestativo nos preparativos para o casório. Ele mesmo se prontificou a colher as flores que foram usadas na ornamentação da igreja, plantadas nos jardins do castelo. Dentre elas, as preferidas (rosas brancas) de sua falecida mãe, Diana, que também estavam no buquê de Meghan. Harry ainda deixou um assento vazio ao lado de seu irmão William e chamou sua tia Lady Jane Fellowes, irmã de Lady Di, para fazer um discurso durante a cerimônia, detalhes que também tinham o objetivo de homenagear a mãe. Antes disso, ele ainda desenhou o anel de noivado que deu para a amada, e que mais uma vez possuía pedras que pertenceram a Diana.

Agora me diz se não é pra ficar com essa carinha de apaixonada? Super entendemos a Meghan! hahaha

3. A mãe da noiva

Como não se contagiar com a emoção da mãe da noiva? Foi impossível! A participação de Doria Ragland nesse casamento foi um marco na história da realeza britânica. A começar pela chegada à Capela. Normalmente, as noivas reais são acompanhadas somente pelo pai no trajeto que fazem até o local da cerimônia. Dessa vez, entretanto, foi a mãe de Meghan que a acompanhou no carro. Não foi dessa vez que vimos uma noiva da monarquia cruzar o corredor da igreja ao lado da mãe, mas o destaque dado a Doria já nos deixou mais animados.

Doria Ragland é  instrutora de ioga, assistente social e  maratonista, adepta de dreadlocks, piercings e fã de Bob Marley. Ela teve um papel fundamental no empoderamento feminino e racial da atriz americana.

Em diversos momentos da cerimônia, Doria foi flagrada super emocionada com o grande dia da filha. Fofa ela, né?

 

4. A palavra

 

Outra grata surpresa desse casamento real foi a participação do reverendo Michael Curry.

Curry foi o primeiro negro a presidir a Igreja Episcopal dos Estados Unidos e é o pastor da igreja frequentada por Meghan na América. Ele foi convidado pelos noivos para participar da cerimônia.

Durante seu discurso, o reverendo citou Martin Luther King Jr. e falou muito da necessidade da união e da manutenção do amor. Com certeza, esse foi mais um momento que emocionou a todos e marcou a história da monarquia inglesa.

Não viu essa parte da cerimônia? Confira o vídeo com legenda em português:


5. Coral

O que falar sobre a apresentação do coral  The Kingdom Choir durante a cerimônia? Arrepiante! Já queremos eles para nós também! hahaha O grupo gospel formado por cantores também negros deixou o momento ainda mais emocionante ao cantar à capela a música Stand by Me, de Ben E. King. Ah, e no fim da cerimônia, durante a saída dos noivos, o coral ainda apresentou Say a little prayer of me, na versão de Etta James. Sem palavras! De acordo com a imprensa, o grupo teria sido convidado pelo príncipe Charles, pai de Harry. Vale a pena dar uma espiadinha no vídeo:

Ah, e por falar em música… Não podemos esquecer de citar a participação do violoncelista negro ganhador do prêmio de jovem instrumentista da BBC, em 2016, Sheku Kanneh Mason, de apenas 19 anos, convidado pessoalmente por Harry. O jovem interpretou SicilienneAprès un rêve e Ave Maria de Franz Schubert. Um arraso!

6. O beijo

Pode parecer sem sentido, mas outra pergunta que martelava a cabeça de quem estava à espera do casamento real era: Onde o beijo vai acontecer?

Diferente do que estamos acostumados a ver nos casórios da plebe, o momento do beijo em casamentos da realeza não costuma acontecer ainda durante a cerimônia. No grande dia de William e Kate Middleton, por exemplo, o beijo aconteceu na sacada do Palácio de Buckinghan, em Londres, após o casamento. Como optaram pela Capela de St. George, em Windsor, Meghan e Harry ficaram sem o local tradicional do beijo. Mas eles deram um jeitinho, surpreenderam o público e se beijaram ali mesmo, ao saírem da capela. ♥

 

 

Bônus

Sabemos que a decoração não se trata de um momento, mas acreditamos que ela merece destaque e por isso a incluímos no nosso post ‘The best six’. 

Quando o assunto é casamento real, uma das grandes curiosidades também é quanto a decoração. Com um investimento milionário, é impossível não surgir especulações sobre como a igreja será ornamentada para o grande dia. No caso de Kate e William, a decor foi composta de poucas flores e várias árvores. Já Meghan e Harry optaram por uma decoração que parecia transportar os convidados para um lindo e suntuoso jardim. Além das folhagens que formaram arcos na entrada e dentro da capela, as peônias, mini rosas e dedaleiras – todas brancas – deram o toque de charme ideal. Do lado de fora, na porta do templo, a proposta nos pareceu um pouco exagerada, mas dentro da igreja a ornamentação proporcionou um ar de leveza incrível. Só de ver pela televisão já nos sentimos no filme “O Jardim Secreto”. Maravilhoso!

 


Vamos fechar esse post com umas das fotos oficiais desse #royalwedding ♥ , divulgada nessa segunda-feira.

 

 

Ah, antes de ir embora, contem pra gente… O que vocês acharam desse casório real?

 

 

Veja também...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *