RSVP | O que é e por que é tão importante para o seu casamento

Montar uma lista de convidados está longe (bem longe) de ser uma tarefa fácil. Definir quem fará parte desse momento e quem, infelizmente, terá que ficar de fora, pode gerar uma baita dor de cabeça. Mas, pior do que fechar um número de convidados, é não ter a certeza de que aqueles que receberam o convite realmente estarão lá no grande dia, certo? E é aí que entra o importantíssimo RSVP.

Mas, afinal…

O que significa RSVP?

A sigla é uma abreviação da expressão francesa “Répondes S’il Vous Plaît”, que nada mais é do que “Responda, por favor” (ou na tradução livre do meu noivo Felipe “Responda se vai, por favor”… hahaha). Resumindo, essa “ferramenta” é usada para que os noivos e fornecedores saibam quantos convidados estarão, de fato, presentes no casamento.

Para te ajudar a entender melhor como o RSVP funciona e as melhores estratégias para que ele seja eficaz, vou compartilhar com vocês todas as dúvidas que tirei com a nossa assessora de casamento.

Sim, marcamos a data do #casoriokakaefelipe e a responsável por nos acompanhar nessa missão planejamento é a querida Cíntia Wedding Planner ♥.

Então, vamos lá…

♥ Casamento sem surpresas

Mesmo com uma lista de convidados bem organizada, é difícil saber quantas pessoas irão ao casamento. O RSVP pode minimizar surpresas!

“Nós sabemos o tamanho da despesa que uma festa pode gerar e que, na maioria dos bufês, pagamos por pessoa. Ainda assim, mesmo se os noivos não optarem por um serviço de bufê tradicional, a comida, a bebida, o mobiliário, os artigos de decoração, tudo será calculado pela quantidade de pessoas presentes no evento, por isso a confirmação de presença é tão importante para evitar problemas”.

♥ RSVP ativo ou passivo: Qual escolher?

Você sabia que existem dois tipos de RSVP?

“O R.S.V.P. pode ser passivo, quando deixamos um número de telefone, e-mail ou site de casamento disponibilizado para que os convidados confirmem presença (na maioria das vezes essa informação é colocada no convite de casamento). Ou ativo, quando uma pessoa ou empresa fica responsável por fazer contato com todos os seus convidados, através de um número fornecido pelos noivos”.

Vale lembrar que não é preciso escolher entre um ou outro método de confirmação. Você pode colocar a solicitação de confirmação no convite e entrar em contato com o convidado para saber se ele vai também.

Como aqui no Brasil confirmar presença ainda não é um costume dos convidados, optar por também ter o RSVP ativo é importante! Mas, para que você não fique sobrecarregado ou se sinta desconfortável de ter que ligar para alguém para saber se ele(a) vai ao seu casamento, o ideal é que um profissional faça esse serviço para vocês.

♦ Mas também vale lembrar que nem todas as assessorias incluem esse serviço no contrato, por isso, antes de fechar com esse fornecedor, verifique se ele presta o serviço de RSVP ativo ou se existe alguma possibilidade de inclusão disso no contrato.

 

♥ Como pedir confirmação?

Agora que você já chegou a essa parte do texto, já sabe o que significa o tal RSVP. Mas, talvez, até então, essa sigla tenha sido completamente desconhecida por você. Por que estou falando isso? Justamente porque talvez RSVP seja uma forma muito culta e complexa de dizer o que é simples: Confirme sua presença.

“Caso vocês achem a sigla R.S.V.P muito formal e que pouca gente entenderá o significado, não há nenhum problema em se colocar em português mesmo, no estilo “pedimos que confirme a presença através do contato/site/e-mail”.

Viu como fica mais claro?

♥ Com quanto tempo de antecedência devo fazer o RSVP?

Para que o RSVP seja realmente eficaz, é preciso estipular uma data limite para confirmação de presença.

“Caso o RSVP seja passivo (com contato informado no convite), o ideal é que a data limite para essa confirmação – que também deve ser informada no convite – seja de no máximo 20 a 15 dias antes do casamento e/ou evento. Assim vocês terão tempo de organizar uma possível diferença na quantidade de convidados, para mais ou para menos. Caso os noivos optem pelos dois tipos de confirmação (RSVP passivo e ativo), o passivo passa a ter data limite até 25 dias antes do evento para que a assessoria possa filtrar aqueles que não confirmaram e, a partir daí, entrar com a confirmação ativa, através de contato por telefone”. 

♥ Dizer que “não” não é falta de educação!

Na gringa, o RSVP é tão comum que, normalmente, os noivos enviam um cartão de “RSVP” junto com o convite. Nele os convidados informam se estarão presentes ou não no evento e enviam de volta. Por aqui, a ideia de “negar” um convite ainda parece deselegante ou falta de educação para a maioria das pessoas. Mas nós estamos aqui para quebrar esse pensamento e dizer: Seja legal, fale que não vai (se realmente não puder ir, é claro. rs).

Como diz a nossa linda assessora Cíntia: “Falta de educação é saber que não vai e deixar a gente contando com a presença”

Por isso, mesmo que ainda não seja popular entre os brasileiros, não deixe de fazer o RSVP para o seu casamento – e não deixe de responder a um quando for convidado.

“Só com o RSVP você poderá ter uma noção de convidados, caso um ou outro realmente informe que não irá comparecer. Além de ajudar as pessoas a se acostumarem com esse sistema”.

😉

 


 

Lembre-se: Não poder ir a um evento é algo que acontece. Mas casar não é (pelo menos não na esmagadora maioria das vezes) barato, então valorize o fato de ter sido convidado e seja recíproco com esse carinho avisando aos noivos se poderá ou não comparecer ♥

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *