Casar na pandemia | Relato de um noivo

Nós não temos o controle.

Se tudo tivesse acontecido como o programado, eu e Karine estaríamos com pouco mais de quatro meses de casados. Celebraríamos nosso relacionamento em 12 de abril, data na qual completamos seis anos juntos. Meses depois, a essa altura, a gente estaria relembrando nosso Casório com as fotos e vídeos que receberíamos. Certamente, a gente também lembraria de como a pizza e os docinhos estavam bons naquele domingo…

Só que a gente não tem o controle…

No meio do caminho veio a pandemia da Covid-19, e tivemos que antecipar nosso casamento no civil pra quase um mês antes da data marcada pra cerimônia. Nossos pais não nos acompanharam na assinatura dos papeis, pelo medo de serem contaminados por um vírus invisível e desconhecido. Começou a quarentena e, como grande parte da população, achamos que tudo se resolveria rápido e, ainda em abril, conseguiríamos fazer nossa festa de casamento.

Mas a gente não tem o controle…

Terminou março, começou abril, e nenhum sinal de que as coisas voltariam ao normal. Começamos, então, a planejar um plano B. Escolher uma nova data que seja dentro do que a gente imagina, com algum significado, com a disponibilidade de todos os fornecedores, reenviar convites… Olha só quanta tarefa! Mas, fizemos. Com um time nota 10 que entendeu nossa aventura, remarcamos.

Mas nem eu, nem Karine, nem você temos o controle.

Hoje, 30 de agosto, era a data em que estaríamos no nosso plano B. Nessa semana, a gente recebeu mensagens de amigos com alertas no celular lembrando da data que, pra nós, seria mais uma especial. Como a gente sabe, não há nenhuma condição de pensar em fazer festas hoje. Infelizmente, já dá pra dizer que todo mundo tem algum conhecido que perdeu a luta contra o coronavírus. São quase quatro milhões de casos de Covid-19 no Brasil, e mais de 120 mil mortes. Não tem clima, não tem segurança, não tem vacina…

E como entender que a gente não tem o controle?

Agradecendo, sempre, por estarmos com saúde, e por termos a oportunidade de pensarmos em plano C, D, E, F, Z… Podemos dizer que tudo deu errado? Não! Estamos felizes, em uma nova cidade, com novo emprego, num novo normal. Só um pouco ansiosos para, finalmente, podermos nos casar como sempre desejamos.

Estamos em um momento sem precedentes, mas não podemos desistir dos nossos sonhos. Somos um casal que sempre planejou o dia do nosso casamento mas, em nenhum momento, pensamos em desistir por causa da pandemia. Só vamos adiar um pouco mais. Acho que você, que está na mesma situação, deve pensar assim também. Não desista de casar, de comemorar. Isso tudo vai passar, tomara, e vamos celebrar o amor e a vida. Não sabemos quando, não sabemos como.

Mas é só ter calma, paciência, e confiar em Deus. Afinal, nós não temos o controle.

Por Felipe Basilio

.


Fotos: Tropicália Fotografia

.

One comment on “Casar na pandemia | Relato de um noivo”

  1. Liliana Sarquis disse:

    Lindo texto, Felipe. E e isso mesmo.
    Isso vai passar e voces vao ter o
    casamento e festa que planejaram e
    que merecem.
    Ninguem tem controle, certamente,
    Sobre isso.
    Mas voces podem ter o controle da
    Uniao de vcs: com compreensao, amor,
    Parcetia, alegria, paciencia…
    Saudades de vcs.
    Bj

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *